pr.abra

Você, dono de bar e restaurante, sabe como prevenir um incêndio na sua empresa? A Abrasel, junto com o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, realizaram uma live no Instagram em agosto para dar dicas e também explicar a importância do laudo de vistoria nesses estabelecimentos. A ideia surgiu depois que o Bar do Bigode, tradicional boteco de Belo Horizonte, foi tomado por um incêndio.

A tenente Mayra foi a representante dos Bombeiros que coordenou a live, e explicou que o ocorrido no Bar do Bigode aconteceu devido ao rompimento da mangueira de gás. Além disso, o bar não apresentava laudo de vistoria licenciado.

Para os bares e restaurantes realizarem um laudo de vistoria, basta acessar o site do bombeiros e ir à aba licenciar sua empresa. Nesse espaço será possível cadastrar o seu estabelecimento, para obter o licenciamento - Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB).

No caso de estabelecimentos que estão localizados em lojas ou salas de um prédio maior, é necessário que todo o imóvel esteja regularizado pelo Corpo de Bombeiros. O AVCB deve ficar exposto em local visível, próximo à entrada principal dos imóveis.

Cuidado com o gás em bares e restaurantes

A imprudência está nos pequenos detalhes que não são percebidos por muitos. Uma instalação errada pode colocar em risco os funcionários, clientes e o próprio restaurante. Um estabelecimento com grande concentração de materiais infláveis precisa sempre passar por supervisão como conferir as datas de validade de seus produtos, por exemplo, a mangueira que liga o fogão ao gás de cozinha e a válvula de pressão do botijão de gás.

Os estabelecimentos como bares e restaurantes em sua maioria sempre precisam demandar de mais de um botijão de gás. Mas, para esse processo ser realizado é preciso emitir um laudo de vistoria. São permitidos até cinco botijões no mesmo ambiente, porém não podem ficar ligados ao mesmo tempo.

É importante lembrar que não é recomendado realizar a emenda de mangueiras do gás, esse processo consegue levar a um vazamento. Para saber se está ocorrendo algum vazamento é possível utilizar um método bem simples ensinando pela tenente.

“Quando sentir cheiro de gás, pegue uma esponja com água e detergente e coloque na base do registro. Se aparecer bolinhas, isso significa que há vazamento. É um procedimento paliativo, não deixe de chamar o bombeiro ou técnico especializado’, explica.

Caso o seu bar ou restaurante tenha central de gás, é necessário seguir as orientações para ocorrer uma instalação correta e proteção tanto do estabelecimento quanto dos seus clientes e funcionários. É importante que seja instalado em locais cobertos e ventilados, nunca em locais confinados ou próximos a ralos.

O limite para a central é de 190kg na classificação de Baixo Risco, é necessário que o estabelecimento contenha um extintor 20B:C, que deve ser instalado cinco metros de distância da central, nunca dentro dela.

Cuidado com o gás em bares e restaurantes

O Corpo de Bombeiros está atento aos riscos em prédios públicos e particulares. Por isso, avalia locais com ameaça de incêndio, como os bares e restaurantes, de acordo com o risco das atividades exercidas. os estabelecimentos, conforme as características da construção e o porte, são classificados em duas categorias: baixo risco e alto risco.

A classificação segue algumas normas que levam em conta também a facilidade de evacuação do local em caso de pânico. Um restaurante que tenha porta de acesso direto para a rua pode ser classificado como Baixo Risco.

Mas se o estabelecimento for instalado em um Shopping ou galeria, é classificado como Alto Risco as características da construção e o alto volume de pessoas que circulam por eli fazem com que sejam necessários cuidados extras.

Por isso, é necessário instalar medidas de segurança em todos os bares e restaurantes classificados como Alto Risco e nos classificados como Baixo Risco que não sejam de Domicílio Fiscal. Para facilitar o entendimento de como instalar os equipamentos necessários, dividimos em cinco passos:

1- conferir a instalação correta do extintor, que deve ser escolhido conforme a classe do incêndio predominante. Como em bares e restaurantes apresenta um alto índice de materiais inflamáveis, a classe apropriada é a B que comporta as categorias de extintores CO2, PQS, Pó ABC.

Devem ser instalados em locais visíveis e acessíveis, a não mais que cinco metros da porta de entrada principal do estabelecimento e a cada 15 metros. De modo algum devem ser instalados nos lances das escadas e nem de forma que reduza a largura da rota de fuga.

Em área coberta, o extintor precisa ficar no abrigo de proteção, e por fim, só pode ser colocado no piso quando utilizar o suporte apropriado.

2- As sinalizações de emergência são medidas de grande importância em locais com alto fluxo de pessoas, pois visam indicar os caminhos para sair dos estabelecimentos como placas de saídas de emergências. Serve também para indicar a localização dos extintores, informar sobre determinados riscos e indicar proibições de atos perigosos. Vale conferir na cartilha dos bombeiros as dimensões que cada placa possui.

3- Uma medida que acompanha as sinalizações é a instalação correta das luminárias de emergências. Que devem ser colocadas no trajeto que ficam as saídas de emergências!. Elas serão ativadas automaticamente sempre que faltar energia elétrica no local.

Baixe a cartilha aqui: https://redeabrasel.abrasel.com.br/read-blog/308_cartilha-como-evitar-incendios-em-bares-e-restaurantes.html

4- É importante lembrar da sinalização das saídas de emergência, que abrangem os corredores, escadas, rampas e as portas do estabelecimento. As rotas de fuga devem ser sinalizadas, de modo que ao se aproximar de uma placa já seja possível identificar a outra.

5- De acordo com a tenente, caso ocorra um incêndio causado por um líquido inflamável, o fogo deve ser apagado através de abafamento, jamais deve ser apagado com água. Caso persista, ligue para o 193. Por fim, é sempre de extrema importante auxiliar o funcionário para ele saber manusear o extintor em caso de incêndio e nas medidas básicas citadas.

Outros pontos foram discutidos na live, que pode ser acessada no Instagram da Abrasel em Minas Gerais. No site do corpo de bombeiros, é possível encontrar dicas na Cartilha de Licenciamento de Empresas Junto ao Corpo de Bombeiros, de como colocar o kit anti-incêndio no seu bar ou restaurante.

Comentários