pr.abra

Os dados mostram que uma família de três pessoas desperdiça 10kg de alimentos por mês, que poderiam ser usados para fazer mais 30 refeições. É muita coisa.

Mudança de hábito

O que podemos fazer? Primeiro pensar sobre o problema, depois começar a mudar hábitos, economizar, ensinar, divulgar, doar. Os produtos da ONG podem ser adquiridos e assim você também ajuda a desenvolver projetos que oferecem oportunidades de trabalho, geração de renda e realizar o sonho de muitos jovens de estudar gastronomia. Informe-se no site gastromotiva.org

Junto com o desafio recebi um pedaço do pão miche, um clássico pão francês rústico da The Slow Bakery, com a caponata de banana, produzida pela chef Suelen Silva, da Gastromotiva. A receita foi preparada utilizando toda a fruta, portanto, desperdício zero. Comi sem culpa, um deleite.

“Hoje, a atuação da Gastromotiva vai do combate ao desperdício de alimentos ao empreendedorismo social. Todos os cursos, projetos e ações têm esse recorte”, explicam os voluntários.

Atuação

Entre os eixos de formação da ONG estão o trabalho para uma nova consciência alimentar por meio da educação nutricional, do aproveitamento integral dos alimentos e a transformação dos excedentes em refeições para milhares de pessoas em situação de vulnerabilidade.

Outra notícia boa é que a Gastromotiva compartilha suas melhores práticas com outros projetos que queiram promover os mesmos valores em suas comunidades locais, conectando pessoas do mundo todo para atuar em prol da transformação social.

Em Curitiba

A Gastromotiva chegou em Curitiba em 2016 por meio da união de cozinheiros e apoio da Universidade Positivo. Recentemente, a iniciativa está hospedada na UniCuritiba e já formou 221 alunos.

A ideia de ensinar pessoas em situação de exclusão social e econômica a encontrarem sentido para viver e ajudar a escreverem outras histórias me fascinou. O fato de o criador da Gastromotiva, David Hertz, ser curitibano pesou, precisamos valorizar os nossos talentos e empreendedores.

Conseguimos sensibilizar muita gente aqui. O braço da ONG em Curitiba continua forte, presente sempre em ações de educação importantes para o resgate da cidadania, contribuindo para um mundo mais justo.

Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/vozes/vosso-blog-de-comida/desperdicio-de-alimentos-no-brasil-passa-de-7-bilhoes-ao-ano/

Comentários