pr.abra

O enredo da escola de samba do grupo especial Enamorados do Samba é uma homenagem a Curitiba e às riquezas da gastronomia da capital paranaense, com uma referência especial ao Mercado Municipal, que completa 62 anos em 2020. A expectativa é de que 600 foliões participem da apresentação da escola.

O desfile será no sábado de Carnaval (22), das 18h às 4h, na Avenida Marechal Deodoro, entre as Rua Barão do Rio Branco e Marechal Floriano. Cada escola do grupo especial vai ter 65 minutos para desfilar. A Enamorados será a terceira a entrar na avenida.

De acordo com o carnavalesco Felipe Guerra, a ideia surgiu a partir do próprio nome da cidade, já que "kur yt yba" quer dizer "grande quantidade de pinheiros, pinheiral, pinhão" na linguagem dos índios, primeiros habitantes do território. "O pinhão sempre foi um alimento muito consumido. Por isso batizamos o enredo de Core-É-Tuba, alimento da nossa história".

Ele lembra que, apesar da riqueza gastronômica da cidade, é difícil apontar apenas um prato característico da capital. "Tem pierogue, polenta, pinhão... É uma grande mistura que vem dos indígenas, tropeiros e imigrantes, que resulta na herança gastronômica e cultural da cidade", explica.

Guerra conta que a escola vai abrir o desfile com referências ao pinhão, à gralha azul e aos indígenas, que mostraram aos colonizadores as riquezas. "Foram eles que falaram da fartura e da potência dos alimentos locais". Depois, a homenagem é aos tropeiros, que dão passagem ao ciclo da erva-mate, decisivo para a transformação de Curitiba de província em cidade. "Em seguida vamos homenagear os imigrantes e a contribuição gastronômica e folclórica que trouxeram". Nesta ala, haverá representação de alemães, italianos, ucranianos, japoneses, árabes, negros e todos os povos que, de um modo ou de outro, deixaram sua herança.

"Também vamos homenagear o Mercado Municipal e o seu simbolismo como fornecedor de alimentos e os programas da prefeitura que contribuem para a democratização da comida", diz Guerra.

Para o fim do desfile, a escola promete um grande banquete entre a gralha azul e a pomba da paz, símbolo da escola, uma autêntica nona italiana e seu neto, com uma pegada de humor e brincadeira. "Convidamos chefs da cidade para fazer parte desta grande ceia, como forma de homenagear o trabalho que fazem para difundir a gastronomia de Curitiba". Na apresentação da escola, será feita uma homenagem a Dona Marlene Monte Carmelo, uma das fundadoras da escola, que faleceu recentemente.


Harmonia

O Clube da Alice, comunidade do Facebook que reúne milhares de mulheres empreendedoras, muitas delas do ramo da culinária e da gastronomia, também vai participar do desfile.

A coordenadora do clube, Mônica Balestieri Berlitz, também é responsável pelo quesito harmonia da Enamorados do Samba e diz que é preciso empenho para que história seja contada da melhor maneira possível.

"Todas os integrantes precisam estar cantando no ritmo e sintonizados para que não haja buracos entre as alas. Por isso os ensaios são tão importantes".

Quem quiser participar dos últimos ensaios da escola antes do desfile pode aproveitar este sábado (15), com evento ao custo de R$ 5, na Rua Julia da Costa, 93, das 15h às 18h, no Centro de Curitiba. Ou, ainda, na próxima quarta (19), com evento na Sociedade 13 de Maio (R. Des. Clotário Portugal, 274), a partir das 19h, com entrada gratuita.


Já para aqueles que querem desfilar na avenida com a Enamorados, o custo da fantasia é R$ 50. Os pedidos podem ser feitos diretamente pelo Facebook ou pelo Instagram da escola.


Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/bomgourmet/eventos/enamorados-do-samba-homenageia-a-gastronomia-de-curitiba-no-carnaval/

Comentários